Liminar obriga o Governo do Estado a fazer vigilância na obra do monotrilho

Reprodução/TV Globo

A Frente Nacional pela Volta Ferrovias (Ferro Frente)  moveu ação contra o Metrô de São Paulo e o Governo do Estado exigindo providências quanto à conclusão das Linha 17 do Metrô,  prometida para anos atrás.

A entidade solicitou liminar pleiteando a apresentação de cronograma por parte dos réus. O Ministério Público manifestou-se em defesa da demanda da entidade, e acrescentou a obrigação do Metrô em realizar a vigilância das obras.

Assim, nesta terça-feira, dia 21, o juiz concedeu liminar obrigando o Governo do Estado de São Paulo a realizar a vigilância de toda a instalação do monotrilho, que hoje se encontra abandonada ante a paralisação das obras.

Para o presidente da Ferrofrente, José Manoel Ferreira Gonçalves, “a decisão é uma vitória da iniciativa da Ferro Frente, que cobra providências judiciais para que as infraestruturas ferroviárias tornem-se realidade”.

Para o diretor jurídico da entidade, Bruno Meirinho, “a decisão é uma ótima notícia, mostra a disposição do judiciário em assegurar os direitos da sociedade diante do descaso do Governo do Estado”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s