Queridinho da mídia, Alberto Mourão tem uma greve de servidores pela frente

greve12

Fotos: Sindicatos dos Servidores

Queridinho da mídia bajuladora que se abastece de anúncios institucionais, o prefeito Alberto Mourão (PSDB) não vai passar ileso e tem uma greve de servidores municipais pela frente. Os trabalhadores de Praia Grande aprovaram na noite desta quinta-feira, dia 25 de maio, uma paralisação por tempo indeterminado. A assembleia aconteceu na sede da Colônia de Férias do Sindicato dos Comerciários de São Paulo. A categoria tem 11 mil funcionários na sua base. Os braços cruzados começam no dia 31 deste mês. Mourão vai enfrentar o que seus amigos tucanos Paulo Alexandre Barbosa e Ademário de Oliveira já tiveram neste mandato e todo desgaste que isso provoca.

A pauta dos trabalhadores contém 19 itens. Dentre eles, 15% de reajuste salarial, aumento de 29,2% para o cartão alimentação, passando de R$ 240,00 para R$ 300,00, vale-transporte intermunicipal, plano de saúde da Prefeitura e plano de carreira.

A Prefeitura chegou a oferecer duas possibilidades de reajuste: a primeira, 4,02% com um bônus em dezembro de R$ 700,00. A segunda proposta foi de 6% de reajuste sem o bônus de R$ 700. Ambas rejeitadas pela categoria. Além dos índices de reajuste, a prefeitura propôs revalorização de 12,5% no cartão cesta básica, elevando o benefício de R$ 240 para R$ 270. Outra concessão foi o pagamento do vale-transporte intermunicipal que, hoje, é limitado ao deslocamento dentro da Cidade.

Pagina 6.indd
Agora, os ânimos ficaram acirrados quando o Executivo de Praia Grande enviou Projeto de Lei de reajuste salarial à Câmara para votação em caráter de urgência. Com 17 votos favoráveis e apenas dois contrários, o Legislativo aprovou o índice de 6% de aumento. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Praia Grande, Givanildo Berto da Silva, o Gil, lamentou e disse que sentiu desrespeitado, já que as negociações ainda não haviam terminado.
A Administração alegou que não pode atender aos servidores, pois a arrecadação municipal de janeiro a abril deste ano caiu 6%. Lembrou ainda que a folha de pagamento é responsável pela metade do Orçamento Municipal. A conferir.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s